Dólar tem pior queda desde Abril deste ano

maio 19

O dólar recua nesta segunda-feira, 15 de Abril, pela quinta sessão consecutiva. A moeda americana chegou a ficar abaixo de R$ 3,10. A queda da divisa dos Estados Unidos aos menores patamares em um mês ecoa o amplo enfraquecimento da moeda no exterior. Os contratos futuros de petróleo sobem e chegam perto dos 3%.

Os melhores desempenhos da sessão são liderados por moedas emergentes e ligadas a commodities. O pano de fundo é a divulgação pelos ministros de energia da Rússia e da Arábia Saudita, de uma declaração conjunta em que firmaram a prorrogação dos cortes de produção até março de 2018 dos principais produtores de petróleo.

Por volta das 13:00, o preço do dólar hoje operava em baixa de 0,65%, cotado a R$ 3,1026. A divisa caiu até R$ 3,0956, chegando a menor cotação desde o dia 18 de Abril deste ano (2017), quando a moeda americana chegou a R$ 3,0877.

Operadores acreditam que há dificuldades para a moeda americana permanecer abaixo de R$ 3,10. Um operador afirmou que há uma barreira psicológica nesse nível, que acaba atraindo operações de compras.

O mercado brasileiro de ações teve morna essa segunda-feira, 15 de Abril de 2017. Os investidores analisam as perspectivas para a recuperação da economia brasileira.

O Banco Central informou nesta segunda-feira que seu índice de atividade, chamado IBC-Br e considerado uma medida de Produto Interno Bruto (PIB), subiu cerca de 1,05% em março deste ano (2017), enquanto a projeção média de economistas consultados era de uma queda de 0,99%.

O foco do mercado continua sendo a reforma da Previdência. O presidente Michel Temer disse em entrevista que o governo gostaria de levar a proposta para votação no plenário da Câmara dos Deputados o quanto antes. O presidente disse também que pediu para que seu partido, o PMDB, ajude a acelerar o processo.